2014 | Jair Oliveira 30 (DVD)

Quem se depara com o compositor, multi-instrumentista, produtor, intérprete e arranjador Jair Oliveira talvez estranhe que ele já tenha 30 anos de carreira. É que a intimidade de Jair com a música começou muito cedo: aos seis anos gravou em um disco do pai, Jair Rodrigues, e aos sete estava no palco com ele, em pleno Festival de San Remo, na Itália.

“Escolhi a Música para ser minha guia durante todo este trajeto. Faço questão de escrever Música com letra maiúscula, pois é a assim que ela se apresenta em minha vida. Segurando firme na mão dela, atravessei todos estes períodos de minha carreira, até aqui”, comenta Jair sobre sua trajetória, agora revista em novo projeto.

 Batizado de Jair Oliveira 30o projeto co-produzido pela S de Samba e CINE; e lançado pela Som Livre está sendo editado em vários formatos: DVD (show comemorativo), Blu-ray (show + documentário) e no ambiente online. Gravado no Auditório Ibirapuera (SP), o show dirigido por Jair e Filipe Mansur reuniu artistas que participaram de várias fases da carreira de Jair, muitos deles parceiros dos tempos do Projeto Artistas Reunidos, que revelou jovens talentos no final dos anos 90. “Fui dividindo a minha história em capítulos: o início ao lado de Jair Rodrigues, os anos com o Balão Mágico, o início como compositor, a fase de músico da noite com os “Artistas Reunidos”, o trabalho autoral solo”.

Foi depois de concluir seus estudos na Berklee College of Music, em Boston, no final da década de 1990, que Jair passou a atuar compondo, produzindo, escrevendo arranjos. Em pouco mais de 15 anos de atividade como produtor, já são mais de 30 discos/projetos de artistas, como Tom Zé, Jair Rodrigues, MPB4, Luciana Mello, Wilson Simoninha, Pedro Mariano e tantos outros. Como compositor, escreveu canções que viraram clássicos dos repertórios de Luciana Mello e Pedro Mariano, como “Voz no Ouvido”. Multitalentos que se complementam, perfeitamente: “Sempre digo que gosto de trabalhar com Música, não importa se como compositor, músico ou produtor. Sinto que aprendo muito sobre minha própria carreira quando trabalho produzindo outros artistas”.

DVD começa com uma homenagem afetiva e musical: a versão de Jair Oliveira para “Disparada”, clássico que marcou a trajetória de Jair Rodrigues. Em seguida, pai e filho fazem uma dobradinha em “Io e Te”, aquela mesma canção do Festival de San Remo. Um set com a participação de Simony relembra hits da época do Balão Mágico e da dupla que formaram na sequência (“Coração de Papelão”/”Superfantástico”). Com a irmã Luciana Mello, Simoninha, Max de Castro, Daniel Carlomagno e Pedro Mariano, Jair atualiza os tempos de “Artistas Reunidos” em canções como “Simples Desejo” e “É Isso é Que Dá” (Jair e Daniel Carlomagno) e “Voz no Ouvido” (Jair Oliveira). A faceta solo de Jair Oliveira surge em delicadezas como “Bom dia, anjo”, “Você por perto” e “Passeando com papai”, essa última composta para o projeto “Grandes Pequeninos”. O repertório traz ainda uma parceria com Seu Jorge intitulada “Samba da Doca”. O DVD termina com todos os convidados em cena, na versão coletiva de “Tiro onda”.