Simoninha libera músicas inéditas em Websérie de quatro episódios

O cantor Wilson Simoninha lançou durante o mês de Janeiro uma websérie de quatro episódios em seu canal do Youtube, na qual documenta sua experiência musical com a Jazz Big Band no Estúdio Trama, São Paulo. O repertório apresenta duas músicas autorais inéditas, intituladas ‘Recomeço’ e ‘Minha Música (Um lugar para se voltar)’, e também inclui releituras saudosistas de dois grandes sucessos do pai do artista, ‘Sá Marina’ e ‘Mangagá’.

O trabalho carrega influência do período conhecido como Swing Jazz Era, muito popular dos anos 20 aos anos 50, em que grandes bandas de metais acompanhavam cantores como Frank Sinatra, Duke Ellington e Glen Miller. As músicas foram gravadas ao vivo, em um único take, e além de Wilson Simoninha nos vocais, o regente Billy Magno comandou mais 14 músicos: cinco saxofonistas, três trombonistas, três trompetistas e a “cozinha”, termo comum no Jazz para os instrumentistas que formam a base harmônica das canções, sendo aqui um baixista, um baterista e um tecladista. “Maestro Billy lembrou dos arranjos que Stevie Wonder fez na época em que regravou a versão em inglês de ‘Sá Marina’, que ficou conhecida como ‘Pretty World’, e então me inspirei no estilo de gravar das grandes vozes e orquestras americanas. É um trabalho que nunca tinha feito antes e aceitei esse desafio”, revela o cantor.

Em ‘Recomeço’, Simoninha canta a busca pela reviravolta de um romance que não deu tão certo, “Vou buscar o sol, você me encolheu, você mudou, eu nem sei quem sou, eu não era assim, você me mudou”, afirma o refrão.

Na dançante ‘Minha Música (Um lugar para se voltar)’, o cantor lembra com otimismo as relações entre um casal. Ambas as músicas farão parte do próximo CD de Simoninha, ainda sem previsão de lançamento.

Nas regravações, o intuito é de celebrar a memória do pai. Em 2017, ‘Sá Marina’ completa 49 anos de seu primeiro lançamento. “Neste período, a canção ganhou cerca de 300 versões e notei que as versões da língua original nunca tinham sido gravadas ao vivo em estúdio. Foi aí que surgiu a ideia”, lembra o músico. Já ‘Mangagá’ é um samba pouco conhecido que Simonal cantava no icônico Beco das Garrafas, e que nunca havia sido regravado pelo filho do cantor.

 

Confira abaixo as letras de ‘RECOMEÇO’ e ‘MINHA MÚSICA (UM LUGAR PARA SE VOLTAR)’

RECOMEÇO
Composição: Wilson Simoninha e César Brecalio
S de Samba Editora Ltda

Hoje acordei me procurei
Fui ao espelho e não me vi
Traga meus sonhos por favor
Você bem sabe é só querer

Preste atenção em minhas mãos,
No meu olhar, na minha voz
Está difícil de entender
Suas palavras ainda doem

Vou buscar o sol
Você me encolheu, você mudou
Eu nem sei quem sou
Eu não era assim
Você me mudou

Sofro sozinho esperando
O tempo passar pra
Eu te esquecer
Quem sabe assim agora eu possa
Seguir em frente e ser feliz

Vou buscar o sol
Você me encolheu, você mudou
Eu nem sei quem sou
Eu não era assim
Você me mudou

MINHA MÚSICA (UM LUGAR PARA SE VOLTAR)
Composição: Wilson Simoninha
S de Samba Editora Ltda

Pra tão longe eu fui
Tá na hora de voltar
Vivi tantas coisas
Pra de novo começar

Deixo a vida acontecer
E um sorriso me alcançar
Pra dentro do peito
Minha casa, meu lugar

Eu sinto seu rosto
Apertado junto ao meu
Me sinto seguro
É tão leve com você

Nem espero amanhecer
Sinto o dia me tocar
Eu tenho a certeza
Pra você vou me entregar

Minha história,
Meus desejos,
Um lugar pra se voltar
Meus amigos
A saudade apertar

As lembranças,
As crianças,
Tudo que me faz seguir
Nossa música
Nunca vai me abandonar